Neuropsicopedagogia Institucional e Clínica

Estar bem preparado para compreender como o ser humano funciona é essencial para diferentes áreas. E uma pós-graduação EAD em Neuropsicopedagogia Institucional e Clínica é uma forma de garantir esse preparo.

Com muitos mistérios ao longo dos anos, o cérebro apresenta respostas importantes. Para quem trabalha como aprendizado, se trata de uma chance de desenvolver melhor técnicas e metodologias.

Se você está pensando em investir nessa área, entenda melhor como funciona e a quem se direciona esse curso, basta clicar aqui!

O que é neuropsicopedagogia

Antes de qualquer coisa, é importante entender a origem da psicopedagogia. De forma resumida, pode-se dizer que é uma ciência que se destina a compreender o sistema nervoso. Além disso, utiliza esses conhecimentos como base para compreender o comportamento humano. Dessa forma, auxilia muito nos processos de aprendizagem, já que dá ferramentas para entender o que está funcionando e o que precisa mudar.

Considerada transdisciplinar, não se limita a escolas, por exemplo. O objetivo dessa especialização é ter condições de estabelecer e contribuir em diagnósticos variados, como distúrbios de aprendizado, cada vez mais comuns.

Na verdade, o que acontece é que até anos atrás, uma criança que não se concentrava em sala de aula era considerada problemática. Ao longo do tempo, porém, foi possível perceber que os comportamentos têm origem além da falta de educação pura e simples. Desordens que partem do sistema nervoso podem ser a causa desse tipo de problema. Logo, é importante fazer uma diagnóstico e saber como estabelecer um tratamento efetivo.

Qual é a diferença entre neuropsicopedagogia institucional e clínica

A pós graduação ead em neuropsicopedagogia propõe duas vertentes, institucional e clínica. Essa divisão foi estabelecida pela Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia (SBNPp) ao tratar da atuação da área. Você sabe o que isso significa?

Para a atuação clínica, a qualificação é mais voltada para profissionais como psicólogos, pedagogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais que vão atender individualmente. A ideia é que esses indivíduos tenham conhecimento teórico e técnico para exercer esses atendimentos de forma ampla.

-Nesse caso, a formação permite o trabalho em locais como:

-consultório particular ou clínica;

-posto de saúde;

-centro de referência de atendimento social.

Já a neuropsicopedagogia institucional propõe o atendimento em espaços de coletividade. Na prática, isso significa um foco mais voltado para locais que recebem e atendem públicos variados. Para quem optar por atuar institucionalmente, o campo de trabalho oferece opções como:

-Escolas, colégios e instituições escolares;

-Centros educacionais e associações de ensino;

-Instituições de nível superior;

-ONGS e demais organizações sem fins lucrativos

Vale reforçar que embora pareça relacionado muito a crianças, essa área de atuação se estende também aos adultos. Sempre que houver algum tipo de demanda por entendimento social e de aprendizado, o profissional com pós graduação à distância ou presencial terá seu papel.

Como é o trabalho de um neuropsicopedagogo

Talvez você esteja se perguntando sobre como é a atuação na prática. O estudo do cérebro pode soar como algo apenas teórico, no entanto, há também o aprendizado sobre como mudar e otimizar comportamentos por meio de técnicas.

Dentro da neuropsicopedagogia em escolas, o profissional será parte da equipe pedagógica e do corpo de professores, se a graduação for de licenciatura. O objetivo de trabalho dentro desse ambiente será, entre outros:

-estabelecer e construir projetos;

-orientar a condução de estudos e aprendizados;

-realizar campanhas de fomento à qualidade de vida, falando sobre saúde, educação e lazer.

Há ainda a possibilidade de auxiliar a definir a melhor conduta para alunos que tenham dificuldade de aprendizado. Dessa forma, é indispensável que o profissional trabalhe de forma multidisciplinar, agindo ao lado de professores, família e demais especialistas que acompanhem a rotina escolar.

Aliás, outro ponto importante é ajudar no diagnóstico, reconhecendo e encaminhando casos para outros setores de saúde quando necessário. Além disso, terá como missão acompanhar o desenvolvimento desses projetos e tratamentos.

Enquanto isso, o neuropsicopedagogo clínico vai trabalhar inclusive com avaliação e aplicação de testes e escalas padronizadas. Por meio de observação especializada, usando ferramentas lúdicas ou até materiais escolares, terá a função de estabelecer diagnósticos ou hipóteses de diagnóstico de seu paciente.

Certamente, mesmo que seja individualizado, esse atendimento também pode incluir uma equipe multidisciplinar. Manter contato direto com a escola, com a família e outros profissionais será uma forma de acompanhar o desenvolvimento. E, mais, saber quando será importante uma intervenção mais intensa.

Por que fazer uma pós graduação em neuropsicopedagogia ead

Com a atenção cada vez mais voltada ao funcionamento neurológico em vez de apenas deduções, o profissional com conhecimento adequado vem sendo muito requisitado. E para poder atuar na área, é importante ter uma formação de qualidade.

Na Famart, o ensino à distância conta com nota máxima no MEC, o que garante uma formação de alto nível. E com muito mais praticidade para quem quer se especializar.

Assim como os estudos do cérebro evoluíram, as formas de aprendizado também passaram por um processo de atualização. Ficar sentado em uma cadeira durante uma faixa de horário pré-definida não é mais viável para as ocupações atuais. Otimizar o próprio tempo e ter mais controle do conhecimento é indispensável. Quem quer se manter atual precisa estar atento às novidades e tendências em sua área.

Assim, por meio de uma pós graduação ead, o profissional consegue aprender de forma objetiva, com aulas que podem ser acompanhadas a qualquer momento. Essa liberdade garante mais flexibilidade e rendimento. Sem contar que, por não depender de sede, horários engessados, professores presenciais, o valor de uma especialização como essa é muito mais atraente. Não é à toa que a modalidade tende a se tornar a opção mais escolhida entre quem quer se qualificar.

Enfim, fazer uma pós em neuropsicopedagogia Institucional e Clínica é uma forma de garantir essa qualificação tão importante para lidar com diferentes públicos. Seja para atuar em universidades e escolas ou em seu próprio consultório, a especialização à distância é uma garantia de aprendizado prático e com retorno em pouco tempo.

E se você ficou interessado em saber sobre quais outras qualificações podem te ajudar, aproveite para deixar seu comentário! Vamos responder suas dúvidas o mais rapidamente possível!

 

 

Compartilhe:

Osório Santos, 207 – Itaúna / MG - CEP: 35680-229

0800 942 5006

(37) 9 9836-4736

atendimento@famart.edu.br