Faltam:

  • 00Dias
  • 00Horas
  • 00Minutos
  • 00Segundos

Faça parte do nosso grupo exclusivo de Black Friday e receba descontos e bônus antecipados na sua próxima pós-graduação. Até 70% OFF!

logo-famart

Blog

Como trabalhar com Aromaterapia e se destacar no mercado

Cada vez mais estamos inseridos em um mercado comercial muito atento às alternativas verdes. Sendo assim, cresce o interesse e a demanda em produtos e serviços sustentáveis, que priorizam o futuro do mundo em termos de meio ambiente.

Neste cenário, é interessante observar ainda a ampliação da oferta de trabalho na área, priorizando profissionais capacitados em especialidades que lidam de frente com estas questões.

Este é o caso da Aromaterapia, que entre todos os seus benefícios, estimula a saúde, o bem-estar e a beleza do paciente, usufruindo de óleos essenciais naturais extraídos de plantas muito potentes.

Se você tem interesse em saber como trabalhar com Aromaterapia e se destacar no mercado, continue a leitura e fique por dentro deste mundo.

Antes de mais detalhes sobre o mercado de trabalho, é importante entendermos a movimentação que está acontecendo. De acordo com um levantamento feito pela empresa Kantar Worldpanel, e divulgado no início de 2023 pela Revista Campo e Negócios, 50% dos consumidores têm optado por produtos com ingredientes de origem natural quando se trata de cuidados pessoais.

Ainda conforme a matéria, essas escolhas estão refletidas nos números de comercialização: Em 2022, o Brasil exportou cerca de 55 mil toneladas de óleos essenciais, movimentando aproximadamente US$435 milhões, segundo a Comex Stat.

Como o Brasil está posicionado no mercado de óleos essenciais

Na área, os principais atores são a Índia, os EUA, a França, a China e o Brasil em relação aos valores movimentados. Em termos de exportação, a Espanha fica no lugar da França.

O Brasil se mantém na quinta posição. Entretanto, considerando a quantidade exportada, temos uma grande conquista: somos os primeiros há 20 anos, conforme aborda a Revista Campo e Negócios. Além do grande volume de produção, levamos aos outros países o óleo essencial de laranja – subproduto do suco – e que é produzido aqui.

O óleo essencial de laranja pode ser utilizado para diminuir os sintomas da ansiedade e depressão, o que reduz significativamente os níveis de tensão e estresse. Além disso, relaxa e acalma, especialmente para uma boa noite de sono.

O que significa Aromaterapia

Até aqui você entendeu toda a movimentação do mercado de óleos essenciais, que são utilizados por um Aromaterapeuta. Você também descobriu qual é o produto mais exportado pelo Brasil, sendo um grande diferencial competitivo a ser aproveitado pelo profissional.

Sendo assim, também é importante que você entenda o significado de Aromaterapia, que é definida como a ciência que promove a saúde e o bem-estar físico e mental por meio do uso terapêutico de óleos essenciais. Estes produtos são oriundos de plantas, como a própria laranja, mencionada acima, e outras.

Recentemente, em 2018, a Aromaterapia entrou na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS. Ou seja, a partir disso o mercado conseguiu dar mais um salto, afinal, abriram-se as possibilidades de promoção à saúde, por meio de uma visão global de cuidado com o próximo.

Se o óleo essencial de laranja reduz o estresse, outros aromas podem cuidar da saúde do sistema respiratório, como o de Eucalipto, e do relaxamento muscular, sendo o caso do Alecrim, por exemplo. Evidentemente, estes são só alguns dos benefícios da Aromaterapia, mas que mostram para você a versatilidade dos óleos. Consequentemente, existem muitas possibilidades para o profissional.

A expansão da Aromaterapia nos últimos anos

Como abordamos no início deste guia, cada vez mais estamos inseridos em um mercado comercial que busca para seus consumidores alternativas sustentáveis. Infelizmente, nos últimos anos, vivemos em uma pandemia, que mudou totalmente a nossa rotina.

Nesse cenário caótico, ficamos em casa buscando alternativas para aliviar a tensão e outras opções que contribuíssem com a promoção da saúde e bem-estar. Mais uma vez, cresce o mercado de óleos essenciais.

Sendo assim, aumentou ainda mais o interesse pela Aromaterapia, onde as pessoas começaram a recorrer aos profissionais desta área a partir da retomada da rotina anterior à pandemia.

Como posso trabalhar com a Aromaterapia

Agora que você está por dentro de um panorama geral sobre o mercado de Aromaterapia, percebendo as grandes possibilidades que lhe esperam, é importante você entender como trabalhar na área.

Dessa forma, para lidar com o óleo essencial de laranja e outros aromas mencionados ou não neste texto, profissionais com diploma de nível superior na área da saúde, terapeutas ou interessados em ingressar na área, podem se especializar em Aromaterapia.

Você deve desenvolver ainda habilidades avançadas das práticas para o uso deliberado e seguro dos óleos essenciais com resultados identificados.

O que o futuro Aromaterapeuta deve dominar:

  • O funcionamento terapêutico dos óleos essenciais;
  • Que é uma ciência subjacente que apoia sua aplicação baseada em evidências;
  • Realização de avaliações de ingestão clínica;
  • Desenvolvimento de planos integrativos de cuidados;
  • A criação de combinações terapêuticas individualizadas para integrar a Aromaterapia na prática privada ou em ambiente clínico.

Onde o Aromaterapeuta pode atuar

Ao desenvolver estas habilidades, o Aromaterapeuta pode atuar em clínicas particulares e no SUS.

Em relação ao SUS, a Aromaterapia vem sendo utilizada como uma ciência complementar aos tratamentos tradicionais. Importante ressaltar que ela não serve como um método alternativo e não substitui a atuação de especialistas nas áreas que o paciente deve ser tratado, mas sim, agrega no cuidado com substâncias naturais e não-invasivas.

Fisioterapeutas, psiquiatras e psicólogos, por exemplo, também podem ser especialistas em Aromaterapia, agregando esta ciência aos seus trabalhos.

Em relação ao atendimento particular, o Aromaterapeuta também tem muitas possibilidades. Pode ser em uma sala própria ou com outros profissionais e ainda pode se deslocar a empresas e residências. As sessões podem ser individuais ou coletivas.

Em todos os casos, o especialista em Aromaterapia deve fazer uma avaliação pessoal e personalizada, analisando os melhores tratamentos. Aliado a isso, também conversa com o paciente, entendendo seu atual momento de vida, histórico de saúde e outros detalhes importantes para realizar a terapia. No caso de grupos, pode-se organizar vivências com mulheres, amigos, família, gestantes e até setores de empresas que queiram estimular seus colaboradores.

Como se destacar no mercado de Aromaterapia

Para se destacar no mercado de Aromaterapia, o interessado deve buscar uma orientação pessoal adequada de um educador experiente em Aromaterapia.

Este é o caso do curso da Faculdade Famart, onde você pode aprender de onde estiver e a hora que puder com professores experientes no mercado.

Saiba mais sobre a Especialização em Aromaterapia EAD em nosso site.